Por que se fala tanto que o cigarro é ruim e que devo parar de fumar?

A nicotina é apenas um dos constituintes do cigarro. O cigarro possui de 5 a 7 mil constituintes, algumas dezenas deles são considerados cancerígenos.

Existe uma série de substâncias nocivas à saúde nos constituintes do cigarro. E estas substâncias não atuam apenas localmente (apenas nos locais que entram em contato direto com a fumaça, como a boca, vias respiratórias e pulmões).

Estes constituintes tóxicos do cigarro são transmitidos à corrente sanguínea, gerando inflamação e diversas doenças relacionadas ao cigarro. Sabe-se por exemplo que pessoas que fumam tem risco aumentado de diversos tipos de tumores malignos, como por exemplo cânceres de bexiga, pâncreas, colo de útero, estômago, esôfago, rim, além de tumores da boca, faringe, laringe, pulmões.

O cigarro provoca uma série de alterações que induzem a aterosclerose (placas de gorduras nos nossos vasos sanguíneos que estão associadas a doenças cardiovasculares) e aumentam o risco de infarto.

Sou idoso(a) e fumo. Ainda tenho benefício de parar de fumar?

Sim. Sempre existe benefício em parar de fumar. Se parar de fumar agora:

• Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal

• Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue

• Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza

• Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor

• Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta melhor a comida

• Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação melhora

• Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido à metade

• Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram (Fonte: http://www.inca.gov.br/tabagismo)

Parar de fumar, em qualquer idade, reduz a morbidade e a mortalidade gerais. É bom lembrar que quanto mais cedo parar de fumar, melhores serão os benefícios futuros, mas o benefício pode ser colhido em qualquer idade, mesmo em idosos.

Deixe um comentário